Pais são presos acusados de trocar bebê por drogas no PI

23 06 2009

crack3-207x300O ex-presidiário Anderson Amorim, 36 anos, e sua mulher Antônia Viana da Silva, 34 anos, foram presos nesta sexta-feira em Teresina (PI) acusados de venderem o filho de 1 mês em troca de drogas.

De acordo com o delegado José Gonçalves de Almeida Neto, do 6º Distrito Policial, o casal ofereceu o bebê por R$ 1 mil, sendo que o pagamento seria de R$ 500 em dinheiro e R$ 500 em crack.

Os policiais estão investigando a denúncia de que a criança foi vendida para uma traficante quando o bebê ainda estava na barriga da mãe. O casal seria usuário de drogas. Antônia da Silva disse que deu o filho porque não tinha condições de criar o bebê. Ela é mãe de outro filho de 15 anos.

“Eu não tenho condições de criar o meu filho. Ninguém trabalha, então fui obrigada a dar meu filho. Eu não estou nem aí se pensam que vendi meu filho. Porque ninguém me dá nada e ninguém me ajuda”, disse a mãe na delegacia.

O pai disse que não sabia da venda do filho. “Eu rio dessa denúncia aí”, afirmou. A prisão aconteceu no bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina.

“Isso mostra o poder devastador que a droga provoca, especialmente o crack. A pessoa se vigia perde o controle e destrói qualquer família. Eles irão responder por crime de abandono de incapazes”, afirmou o delegado.

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) para informar o possível paradeiro da criança. Policiais já estão em diligência para tentar localizar o bebê.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: